A Nova Arca de Noé

3
2341
A Nova Arca Noé na Noruega
A Nova Arca Noé na Noruega

Chamam-lhe a nova Arca de Noé. Uma caverna escavada nas entranhas geladas de uma montanha no Pólo Norte, abriga um verdadeiro tesouro. Fruto de um esforço internacional ousado para preservar a vida vegetal do planeta, esta nova Arca de Noé tem como objectivo armazenar 4,5 milhões de amostras e 2 biliões de sementes de todas as espécies cultivadas na Terra. O santuário congelado foi construído com tecnologia de ponta para resistir a tudo, inclusive ao “fim do mundo”.

Mantido em segurança máxima no arquipélago de Svalbard, em território norueguês, o cofre é equipado com portas de aço blindadas, câmeras e detectores de movimento e será monitorizado remotamente da Suécia.

Ao custo de 9 milhões de dólares, o bunker ecológico de mil metros quadrados fica escondido ao final de um túnel de 120 metros, a 70 metros de profundidade, no Círculo Polar Ártico, à temperatura de 18ºC negativos. A arca do fim do mundo, como foi chamada, foi projectada para durar para sempre e serviria para repovoar a Terra caso um eventual cataclismo destrua a biodiversidade agrícola do planeta.

A Arca de Noé genética será um último refúgio das lavouras, informa a Global Crop Diversity Trust, organização criada pelo órgão das Nações Unidas para Agricultura, a FAO, para coordenar o projecto juntamente com a Noruega.

Prateleiras com Sementes Armazenadas
Prateleiras com Sementes Armazenadas

O Banco Internacional de Sementes de Svalbard já recebeu cerca de 100 milhões de sementes doadas por cem países. A escolha do Círculo Polar Ártico para ser a sede do bunker ecológico tem razão de ser.

Além do clima gélido, Svalbard é longe e inóspito o bastante para estar a salvo de ataques.

O local resiste a actividades vulcânicas, sísmicas e ao aumento do nível do mar. Além disso, a área tem baixo nível de radiação, o que é fundamental para a manutenção do DNA das plantas. No frio em que será mantido o banco, as sementes de trigo, cevada e ervilha podem sobreviver mais de 10 mil anos.

Em caso de falta de energia, o solo permanentemente congelado impede que a temperatura suba além dos 3,5º C negativos. Isso garantiria a sobrevivência das sementes por até 200 anos.

As mudanças climáticas, agravadas pelo fenómeno do aquecimento global, foram o primeiro motor para o surgimento do santuário vegetal congelado. Mais recentemente, houve outro sinal de alerta. Mais de 40 países tiveram os seus bancos de sementes destruídos em guerras, em inundações ou em outros desastres ecológicos.

Representação da Infraestrutura no subsolo
Representação da Infraestrutura no subsolo

Há quem diga que além dessas catástrofes, os 1400 bancos de sementes no planeta correm um perigo adicional. As más políticas de gestão, o descuido e a falta de verbas colocam sob ameaça as 6,5 milhões de amostras guardadas nesses cofres da vida.

De acordo com estatísticas da FAO, três quartos da diversidade genética de centenas de milhares de espécies de plantas já desapareceram. Dos 7 mil tipos de plantas já cultivadas pelo ser humano, só 150 permanecem até hoje. Sem essa diversidade genética, as espécies ficam mais vulneráveis a doenças e correm mais risco de desaparecer. Por isso houve tanta celebração com a Arca de Noé do gelo. Assim como um urso polar, ela entrará em hibernação guardando milhares de caixas com amostras de sementes empacotadas em plástico, prontas para resistir a tudo, inclusive ao “fim do mundo”. E para eventualmente poder contar a história da humanidade na Terra.

3 COMMENTS

  1. Esta Arca do gelo confirma a veracidade das palavras de Jesus para a futura geração de seus seguidores, que estiverem por aqui antes da Grande Tribulação. [Mt.24:21,22] O que, na realidade, tratar-se-á de um impacto de asteróide. [O astro: Apoc.8:8,10;9:1,2; consequências: Mat.24:29;6:12-15;16:18,19]Jesus deixou registrado para essa futura geração de discípulos, que, quando eles vissem cumprir-se o sinal para retidada do meio da sociedade, eles deveríam partir para as montanhas. O sinal será, ele disse: “Quando, pois, virdes ‘estar no lugar santo a abominação de desolação’, predita pelo profeta Daniel (quem lê, entenda),então os que estiverem na Judéia ‘FUJAM PARA AS MONTANHAS’.”[Mat.24:15,16]Porque que essa ‘Arca da vida’ confirma as palavras de Jesus? Porque a recomendação de Jesus foi que fugissem para as ‘Montanhas’. E Arca foi justamente construida em uma alta montanha. E isso para escapar das catástrofes, e mesmo de grandes inundações por tsunamis. E essa foi também a idéia de Jesus.

  2. Raimundo Medeiros,

    As cartas Illuminati serão apresentadas aqui no Paradigma-Matrix.com

    É realmente surpreendente a semelhança entre algumas cartas e aquilo que já aconteceu, e torna-se assustador, dando uma olhada nas cartas, imaginar o que poderá ainda vir a acontecer…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here