Maias descenderam dos Tulán, povo da antiga Atlântida

0
1750
Maias um povo Atlante
Maias um povo Atlante

De acordo com as histórias contadas pelos Anciãos das tribos mais tradicionalistas maias, o povo Maia descendeu de uma civilização matricial chamada Tula, ou Tulán, que esteve na origem de todas as misteriosas e poderosas civilizações que povoaram a América Central. Esta civilização é também a mãe de tribos no norte de África, na Índia, no Tibete, em parte do Mediterrâneo e no norte da Península Ibérica. É a fonte de todas as nossas tradições. Em muitas línguas maias, «tula» significa «seio materno» – o lugar onde os nossos antepassados beberam o conhecimento. Esta civilização original estava localizada num continente, agora desaparecido, no meio do Atlântico.

O Popol Vuh e o Memorial de Sololá, também conhecido como os Anais dos Kaqchikeles, antigos livros maias, falam da chegada dos maias de um lugar chamado Tulán Zuiua, Tulán Zu, ou Tulán, no Ocidente, através do mar. Muitos historiadores e investigadores confundiram esta região mítica de Tulán Zuiua, Tulán, Tula, Tulan Zu, ou Tulán Ziu com o centro cerimonial de Tula, em Hidalgo, no México, onde foram descobertas as famosas estátuas dos Atlantes.

À semelhança do que acontece com a maioria das mitologias das várias antigas civilizações ao redor do mundo, a Civilização Maia também estabelece a sua origem na migração de um povo que viveria num continente desaparecido no Oceano Atlântico, aquele que é vulgarmente conhecido como Atlântida.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here