BIOGRAFIA: Robert Anton Wilson

0
2014
Robert Anton Wilson ou RAW
Robert Anton Wilson ou RAW

Robert Anton Wilson ou RAW (Nova Iorque, 18 de Janeiro de 193211 de Janeiro de 2007) foi um escritor, filósofo, psicólogo, futurista, anarquista e pesquisador de teorias de conspiração norte-americano.

Obra

O seu trabalho mais conhecido, “The Illuminatus Trilogy” (sem publicação em português), em co-autoria com Robert Shea, foi divulgado como “um conto de fadas para paranóicos”, e examinou com bom-humor a paranoia americana sobre conspirações. Muito do seu material surgiu a partir de cartas enviadas à revista Playboy enquanto ele e Shea lá trabalharam como editores do fórum da Playboy. Embora nunca mais tenham trabalhado juntos ao mesmo nível, Wilson continuou a expandir a sua carreira de escritor em temas como o do livro “Illuminatus!“.

Em Cosmic Trigger (1977) (O Gatilho Cósmico – O Derradeiro Segredo dos Illuminatti), Robert examinou o Discordianismo, Sufismo, Futurologia, Zen-Budismo, as práticas ocultistas de Aleister Crowley e Georg Ivanovitch Gurdjieff, os Illuminati e a Maçonaria, Yoga, e outras filosofias esotéricas ou a contracultura. RAW defendeu o modelo dos oito circuitos da consciência de Timothy Leary e a engenharia neurosomática/linguística no seu trabalho Prometheus Rising (1983, revisto em 1997A Ascensão de Prometeus) e Quantum Psychology (1990Psicologia Quântica), livros contendo técnicas práticas para que as pessoas se libertem dos seus túneis de realidade.

Ironicamente, considerando as críticas e caricaturas que faz da New Age, os seus livros podem ser encontrados em livrarias especializadas em material da New Age. Ele afirmou ter tido percepções de encontros com “entidades” mágicas, e quando questionado se essas entidades seriam “reais”, respondeu que elas eram “reais o suficiente”, embora “não tão reais quanto os IRS (receita federal americana)” já que estes são “fáceis de nos livrarmos”. RAW advertiu os iniciantes quanto a usar práticas ocultistas, pois se se apressarem em tais práticas e nas energias delas resultantes podem levar a pessoa a ficar “bem doida”. Ao invés, ele recomenda iniciar com a Programação Neurolinguística, Zen-Budismo, meditação básica, etc., antes de progredir para actividades potencialmente mais perturbadoras.

Wilson teve um relacionamento duradouro com a Associação para Exploração da Consciência, iniciando-se em 1982. Foi o orador da abertura da sede em 1984 e compareceu em vários Festivais Starwood. Foi lá que Wilson teve o primeiro diálogo num palco com o seu grande amigo Timothy Leary em 1989, intitulado “A Fronteira Interior“.

Numa entrevista de 2003 à revista High Times, RAW descreveu-se como um “Agnóstico Modelo” que diz consistir em “nunca olhar para qualquer modelo ou mapa do universo com um crença de 100% ou negação de 100%. Seguindo Korzybski, eu coloco as coisas em probabilidades, não em certezas… A minha única originalidade reside em aplicar esta atitude zetética fora do âmbito da mais complexa das Ciências complexas, a Física, em Ciências menos complexas e então nas não-ciências como a política, ideologia, vereditos do júri e, é claro, nas teorias da conspiração.” Mais: RAW simplesmente alega “não acreditar em nada, porquanto a crença é a morte do pensamento”. Robert descreveu essa abordagem como “Maybe Logic” (Lógica do Talvez).

Robert Anton Wilson

Wilson descreveu o seu trabalho como uma “tentativa para quebrar as associações condicionadas, olhar para o mundo de uma forma diferente, com muitos modelos reconhecidos como modelos ou mapas, e sem que nenhum seja elevado a verdade.” O seu objectivo era “tentar trazer as pessoas a um estado de agnosticismo generalizado, não apenas agnosticismo acerca de Deus, mas agnosticismo acerca de tudo.”

Wilson escreveu artigos para a revista cyberpunk de vanguarda chamada Mondo 2000.

Enquanto tendo publicado material principalmente sob o nome Robert Anton Wilson, também usou os pseudónimos Mordecai Malignatus, Mordecai o Embusteiro, Reverendo Loveshade e outros nomes associados aos Illuminati da Baviera, os quais terá supostamente ressuscitado nos anos 60.

RAW ocupou o posto de diretor do Comité para Investigação Surrealista da Reclamação do Normal (Comittee for Surrealist Investigation of Claims of the NormalCSICON) e apareceu em eventos de Desinformação.

Wilson adoptou perante a vida uma atitude de optimismo, alegria, amor e bom humor.

Maybe Logic: As Vidas e Amores de Robert Anton Wilson (Maybe Logic: The Lives and Loves of Robert Anton Wilson – sem publicação em português), um documentário lançado em 30 de Maio de 2006 nos Estados Unidos, cobre trechos de mais de vinte e cinco anos da vida de Wilson.

Bibliografia:

  • Playboy’s Book of Forbidden Words (1972)
  • Sex and Drugs: A Journey Beyond Limits (1973)
  • The Sex Magicians (1973)
  • The Book of the Breast (1974)
  • The Illuminatus! Trilogy (1975) (com Robert Shea)
  • The Eye in the Pyramid
  • The Golden Apple
  • Leviathan
  • Cosmic Trigger I: Final Secret of the Illuminati (1977)
  • Neuropolitics (1978) (com Timothy Leary e George Koopman)
  • The Game of Life (1979) (com Timothy Leary)
  • The Illuminati Papers (1980)
  • Schrödinger’s Cat trilogy (1980-1981)
  • The Universe Next Door
  • The Trick Top Hat
  • The Homing Pigeon
  • Masks of the Illuminati (1981)
  • The Historical Illuminatus Chronicles
  • The Earth Will Shake (1982)
  • The Widow’s Son (1985)
  • Nature’s God (1991)
  • Right Where You Are Sitting Now (1983)
  • Prometheus Rising (1983)
  • A Nova Inquisição (1986)
  • Wilhelm Reich in Hell (1987)
  • Natural Law, or Don’t Put a Rubber on Your Willy (1987)
  • Coincidance (1988)
  • Neuropolitique (1988) (with Leary & Koopman) [revisão de Neuropolitics]
  • Ishtar Rising (1989) [revisão do The Book of the Breast]
  • Semiotext(e) SF (1989) (editor, com Rudy Rucker e Peter Lamborn Wilson)
  • Quantum Psychology (1990)
  • Cosmic Trigger II: Down to Earth (1991)
  • Reality Is What You Can Get Away With: An Illustrated Screenplay (1992)
  • Chaos and Beyond (1994) (editor and primary author)
  • Cosmic Trigger III: My Life After Death (1995)
  • The Walls Came Tumbling Down (1997)
  • Everything Is Under Control (1998)
  • TSOG: The Thing That Ate the Constitution (2002)
  • Email to the Universe (2005)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here