Echelon (Introdução)

0
648
Echelon, projecto secreto de SIGINT
Echelon, projecto secreto de SIGINT

Echelon é o nome pelo qual é mais conhecido um projecto secreto de SIGINT. Não existem explicações oficiais sobre a função que desempenha. Alguns estudiosos da área afirmam que serve para a interceptação mundial de telecomunicações (internet, fax, telemóvel) encabeçado pela Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos, com a colaboração de agências governamentais de outros países (Reino Unido, Austrália, Canadá, Nova Zelândia), para analisar as comunicações a nível mundial, com o objectivo de procurar mensagens que representem ameaças à segurança mundial. Há também indícios de que o sistema tenha sido usado para a prática de espionagem comercial.

O sistema foi estabelecido , após a Segunda Guerra Mundial, no âmbito do que é conhecido como UKUSA Agreement (“Acordo Reino Unido-Estados Unidos“) e é administrado conjuntamente pelos serviços de informação dos estados membros do Acordo, a saber:

  • NSA (National Security Agency) dos Estados Unidos, o principal contribuinte e utilizador;
  • GCHQ (Government Communications Headquarters) do Reino Unido;
  • CSTC (Centre de la sécurité des télécommunications Canada);
  • DSD (Defence Signals Directorate) da Austrália;
  • GCSB (Government Communications Security Bureau) da Nova Zelândia.

Embora o Echelon tenha sido originalmente concebido como uma rede de espionagem internacional, já em 1999 os membros do Congresso dos Estados Unidos discutiam a possibilidade de que o sistema pudesse ser usado também para espionar os cidadãos americanos.

No final de Janeiro de 2006, a Electronic Frontier Foundation, uma entidade ligada à defesa das liberdades no mundo digital, iniciou uma acção judicial contra a operadora telefónica norte-americana AT&T, por sua suposta colaboração com o Echelon.

Fonte: Wikipédia (Pt)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here