Rabdomancia Arqueológica

0
1833
Rabdomancia
Rabdomancia

Os rabdomantes normalmente trabalham a segurar varinhas de condão ou galhos de amoreira nas suas mãos, esperando que eles se curvem perto de uma fonte de água ou num filão de minérios preciosos. Mas essa técnica pode ser empregada não somente nesses dois casos. J. Scott Elliot, militar inglês da reserva e rabdomante, usou tal habilidade como apoio para a descoberta de sítios arqueológicos. Muitas vezes, nem precisava visitar as regiões que desejava sondar, porque localizava-as ao segurar apenas um galho de amoreira sobre o mapa.

Um dos seus trabalhos mais bem-sucedidos foi reportado em 1969, quando aplicou a varinha de condão para prever que um grande sítio arqueológico seria descoberto sob uma cabana na cidade de Swinebrook. Os escavadores do lugar mostraram-se cépticos, pois Scott Elliot mencionara uma cidade em que não haviam sido encontrados vestígios. Isso ocorreu seis meses antes de efectuarem escavações no local e, é claro, o sítio apontado pela varinha de condão foi descoberto de imediato.

Ao realizarem um corte de 1,50 por 3 metros, os escavadores descobriram caldeirões, ossos e algumas peças de cerâmica. Quando o sítio foi mais cuidadosamente explorado, em 1970, encontraram o piso de uma estrutura e até mesmo o seu núcleo. Dois artefactos polidos da idade do bronze coroaram a sensacional descoberta.

Fonte: Livro «O Livro dos Fenómenos Estranhos» de Charles Berlitz

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here