Investigadores alertam que beber leite em demasia pode aumentar risco de morte (Estudo Sueco)

0
652
Leite
Leite

Um estudo sueco alerta que o leite pode ter mais malefícios do que benefícios: mais do que três copos por dia podem causar morte prematura.

Sobre o leite e os seus benefícios há muitas opiniões, mitos, meias verdades e os especialistas nem sempre são consensuais. Em 2011, a Universidade de Harvard excluiu os lacticínios do seu guia de alimentação saudável [1], colocando em causa o benefício destes na prevenção da osteoporose e reforçando o aumento do risco de alguns tipos de cancro associados ao consumo da bebida.

Agora, num estudo publicado no British Medical Journal, um grupo de investigadores suecos alerta que além de o consumo de leite não fortalecer os ossos, mais do que três copos por dia podem aumentar o risco de morte prematura.

“Os resultados obtidos questionam a validade das recomendações de consumir grandes quantidades de leite para prevenir fracturas. Um maior consumo de leite em homens e mulheres não se traduz em riscos menores. Pelo contrário, pode estar associada a uma taxa de morte mais elevada”, explicou o investigador principal Karl Michaelsson, da universidade Uppsala, na Suécia, admitindo, no entanto, ser preciso aprofundar o estudo e fazer mais análises antes de uma recomendação médica final.

Através da investigação aos hábitos dietéticos de mais de 100 mil pessoas, descobriram que quem bebe leite não diminui o risco de partir um osso. Entre as mulheres, a ingestão de maiores quantidades de leite demonstrou até um maior risco de fracturas na anca.

Já quem bebeu mais de três copos de leite por dia, cerca de 680 ml, aumentou a probabilidade de morrer durante o decorrer do estudo, que acompanhou 60 mil mulheres (entre os 39 e os 74 anos) durante 20 anos e 45 mil homens (entre os 45 e os 79 anos) durante 11 anos, tendo em conta factores como a ingestão de álcool, ser ou não fumador e o peso.

Segundo os investigadores, o problema é dos níveis elevados de lactose e galactose encontrados no leite. Açúcares que, acreditam, podem aumentar o stress oxidativo e a inflamação crónica do organismo, duas grandes causas de doenças crónicas e fatais. No entanto, o consumo de produtos à base de leite fermentado, como os iogurtes, foi associado a taxas de mortalidade e fracturas ósseas inferiores, sobretudo no sexo feminino.

NOTAS:

[1] Consultar artigo «Universidade de Harvard retira leite e lacticínios da pirâmide alimentar»

Fonte: Público

Artigo Original: http://lifestyle.publico.pt/noticias/340933_investigadores-alertam-que-beber-leite-em-demasia-pode-aumentar-risco-de-morte

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here