PSD e CDS dividiram entre si nomeações para a Segurança Social

0
658
Coligação PSD-CDS
Coligação PSD-CDS

“A nossa preocupação não é levar para o governo amigos, colegas ou parentes, mas sim os mais competentes”, dizia o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho em 2011.

Nesse mesmo ano, uns meses antes, o então deputado democrata-cristão Pedro Mota Soares, actualmente titular da pasta da Segurança Social, exibia com pompa e circunstância uma apresentação em powerpoint em que denunciava a nomeação partidária para cargos do estado do então governo socialista de José Sócrates.

Em 2012 o presidente da Comissão de Recrutamento e Selecção da Administração Pública (CRESAP) garantia em declarações à agência Lusa que a meritocracia passaria a ser a regra nas nomeações de topo na função pública, sublinhando que se acabaram os “jobs for the boys”.

Curiosamente, volvidos uns anos, o Jornal de Negócios demonstrou que das 14 nomeações definitivas, entre 18 possíveis, todas obedecem a critérios partidários: 11 militantes do PSD e 3 membros do CDS dirigem centros distritais da Segurança Social.

Não é discipiendo referir que os mandatos são de cinco anos e que entre os 300 concorrentes para os 14 cargos, todos foram atribuídos a correlegionários dos partidos do governo. O salário bruto mensal do cargo ronda os 3 mil euros.

Conheça os boys e que ligações têm aos partidos de Passos Coelho e Paulo Portas:

Braga

Nome: Rui Miguel de Meira Barreira

Partido: CDS

Ex-assessor do grupo parlamentar do CDS, deputado municipal em Guimarães e ex-líder da concelhia do CDS de Guimarães, nomeado entre 25 candidatos.

Bragança

Nome: Martinho Eduardo Nascimento

Partido: PSD

Vice-presidente da mesa da assembleia distrital do PSD, nomeado entre 10 candidatos.

Castelo Branco

Nome: António de Melo Bernardo

Partido: PSD

Candidato pelo PSD no círculo de Castelo Branco em 2005, nomeado entre 16 candidatos.

Beja

Nome: Helena Maria Fernandes Branquinho Morgado Barreto

Partido: CDS

Militante do CDS, nomeada entre 26 candidatos.

Coimbra

Nome: Ramiro Ferreira Miranda

Partido: PSD

Ex-deputado municipal eleito pelo PSD em Condeixa-a-Nova, nomeado entre 14 candidatos.

Évora

Nome: Sónia Cristina Silva dos Ramos

Partido: PSD

Vice-presidente da distrital de Évora do PSD até Novembro de 2011, nomeada entre 19 candidatos.

Guarda

Nome: Jacinto Dias

Partido: PSD

Presidente da junta de freguesia de Panóias de Cima. Ex-vereador da câmara municipal da Guarda e ex-líder da concelhia da Guarda do PSD, nomeado entre 18 candidatos.

Leiria

Nome: Maria do Céu Costa Bogalho Mendes

Partido: PSD

Integrou a lista do PSD à câmara municipal de Leiria, nomeada entre 19 candidatos.

Lisboa

Nome: Maria do Céu Costa Bogalho Mendes

Partido: PSD

Militante do PSD, nomeada entre 33 candidatos.

Santarém

Nome: Tiago Sampaio e Melo Marques Leite

Partido: CDS

Ocultou do currículo vitae que fora candidato a presidente da câmara de Santarém e candidato a deputado em 2011 pelo CDS. Até Dezembro de 2011 foi chefe de gabinete do secretário de estado Filipe Lobo D’Avila, indicado pelo CDS, nomeado entre 23 candidatos.

Portalegre

Nome: João Carlos Vintém Laranjo

Partido: PSD

Diretor distrital da campanha de Passos Coelho nas legislativas de 2011 e foi presidente da concelhia do PSD de Portalegre, nomeado entre 10 candidatos.

Viseu

Nome: Armindo Telmo Antunes Ferreira

Partido: PSD

Presidente da câmara municipal de Vouzela durante 11 anos, nomeado entre 25 candidatos

Viana do Castelo

Nome: João Paulo Coelho Órfão

Partido: PSD

Vice-presidente da concelhia do PSD de Viana do Castelo, nomeado entre 30 candidatos.

Vila Real

Nome: José Augusto Borges Rebelo

Partido: PSD

Mandatário da candidatura de Manuel Martins à presidência da câmara municipal de Vila Real em 2005, nessas eleições Passos Coelho era cabeça de lista à assembleia municipal, nomeado entre 20 candidatos.

Fonte: Esquerda.net

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here