Os preceitos a serem seguidos perante os Illuminati

1
1846
Illuminati
Illuminati

O amor e o perdão curam muitas feridas. Sede conscientes de que o ódio ou a cólera que possais sentir contra uma pessoa não a tocam. Os Illuminati pouco se importam que sintais cólera contra eles. Sois os únicos a receber de volta a vossa cólera, cólera que terá então consequências desagradáveis, que traz doenças para o vosso corpo, o vosso espírito e a vossa alma. Vivei em alegria e amor e transbordai isso para a vossa família , os vossos amigos e os vossos colegas de trabalho, e vereis o que irá acontecer. Procurai viver conscientemente. Amai, pensai, falai e agi em consciência!

Para ser conciso, transmito a vocês uma citação do mestre Eckhardt:

“O momento, o mais importante de minha vida é o presente.
O ser, o mais importante é aquele que se encontra diante de mim neste momento.
E a acção, a mais importante é sempre o amor.”

Posso lembrar-vos de que não é por acaso mas por uma razão bem precisa que viveis esta vida? Fostes promovidos com perfeição de todas as qualidades, de todos os talentos e do caráter necessários para resolver o melhor possível a tarefa que vos incumbe nesta vida que é parte integrante da vossa evolução. Mais uma vez, reconhecei o tempo que é preciso para sentir em profundidade o que tendes para viver.

Quais são, pois, os vossos talentos e as vossas capacidades? Quais são as coisas que de facto gostareis sempre de fazer e que, por diversos motivos ditados pela vossa razão, jamais as fizestes? Fazei-os, pois! Não tendes nada a perder. Só podereis ser vencedor! A posse material sempre foi e sempre será uma ilusão. Sereis obrigados a largar tudo. Começai por fazer tudo o que o vosso coração vos dita, o que corresponde aos vossos sentimentos, aos vossos pensamentos, ao vosso ser. Agi nos domínios no qual sois hábeis e fazei o que vos torna mais felizes: o primeiro beneficiário será, primeiro, vós mesmos, depois o nosso planeta e depois toda a criação. Começai a ser vós mesmos e a não viver mais o que querem ver-vos viver.

Sois parte da criação, vós sois a criação, da qual jamais fostes separados. Criais a cada dia, sois o instigador do vosso próprio destino. Sede conscientes disso e aplicai esta regra a vós mesmos. Não encontrareis ninguém que o fará para vós. Ajuda-te, que o céu te ajudará. A partir do momento em que vos ajudais a vós mesmos, percebereis que Deus não está fora, mas bem dentro de vós, quer dizer. que vós mesmos sois Deus.

Assim já o dizia Ramtha:

“Desejais ver como é Deus? Tomai um espelho e o vereis face a face!”

O único auxílio que sempre procurastes é vós mesmos. Tende confiança em vós, arriscai-vos. É assim que se forjará a vossa confiança.

A vida terrestre é uma aventura maravilhosa: se o desejarmos poderemos todos criar neste mundo o nosso paraíso. Sois vós mesmos que decidis o que ireis obter da vida, pelo que deixais que venha até vós. Quereis conhecer o amor, a felicidade, a alegria, então viveis no amor, na felicidade e na alegria, e eles voltarão para vós inevitavelmente.

Coragem!

“Presta atenção aos teus pensamentos, pois eles se tornarão palavras.
Presta atenção às tuas palavras, pois elas se tornarão actos.
Presta atenção aos teus actos, pois eles se tornarão hábitos.
Presta atenção aos teus hábitos, pois eles se tornarão o teu carácter.
Presta atenção ao teu carácter, pois ele é o teu destino.”   (Talmud)

Fonte: Livro «As Sociedades Secretas e o seu Poder no Século XX» de Jan Van Helsig

1 COMMENT

  1. Se foi ou não de sociedades secretas, certamente, belas palavras. Acredito muito no poder do agora e sempre tento me ancorar nessa dimensão. Seja em qualquer lugar ou seja lá que esteja fazendo, faça com sua total presença, preste atenção em tudo, aos detalhes. Podem acreditar que é muito mais profundo do que parece. Recomendo muito que leiam sobre expansão da consciência….Valeuuu

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here