O Significado da Moeda na Economia

0
359
Moedas
Moedas

Moeda:

O conjunto de activos numa Economia que as pessoas usam regularmente para comprar bens e serviços de outras pessoas.

A moeda tem três funções na Economia:

1. Meio de troca – um item que os compradores dão aos vendedores quando pretendem comprar bens e serviços.

2. Unidade de medida – o padrão que as pessoas usam para anunciar preços e registar débitos.

3. Reserva de valor – um item que as pessoas podem usar para transferir poder de compra do presente para o futuro. A moeda não é e a única forma de reserva de valor.

Liquidez:

É um conceito financeiro que se refere à facilidade com que um activo pode ser convertido no meio de troca da Economia, ou seja, é a facilidade com que ele pode ser convertido em dinheiro. O grau de agilidade de conversão de um investimento sem perda significativa do seu valor mede a sua liquidez.

Um activo é tanto mais líquido quanto mais fácil for transformá-lo em dinheiro vivo, ou seja, a liquidez pode ser entendida como a medida de interesse que o mercado tem em negociar esse activo. Ela pode variar conforme o tipo de investimento feito pela empresa, a sua perspectiva de lucro e as conjunturas económicas nacional e internacional.

A moeda é considerada como o activo mais líquido, mas é uma reserva de valor imperfeita.

Quando há uma elevação geral dos preços da Economia (inflação), por exemplo, o valor da moeda cai.

Em análise de crédito, a liquidez de um cliente refere-se à probabilidade de que ele venha a honrar os seus compromissos de curto prazo com os credores (comércio, indústria, bancos, etc.), na data prevista. Ou seja, é a sua capacidade de pagamento. Em princípio, se o cliente depende de um outro credor para liquidar o seu débito junto de um primeiro credor, a sua liquidez é menor.

O grau de liquidez para os investidores é estimado através do respectivo desconto do valor dos títulos. Investimentos feitos através da “private equity” normalmente têm riscos adicionais.

A liquidez tem valor. Quanto mais líquido for o negócio, menor é a possibilidade de que venha a enfrentar uma situação de insolvência (isto é, dificuldade de pagar dívidas ou comprar activos necessários). Infelizmente, os activos líquidos geralmente são menos rentáveis. Por exemplo, o saldo de caixa é o mais líquido dos activos, mas algumas vezes não gera qualquer retorno, pois apenas está lá, parado. Existe, portanto, uma escolha entre as vantagens da liquidez e a perda de lucros potenciais.

O termo “riqueza” é usado para referir o total de todas as reservas de valor, incluindo moeda e activos não monetários. Porque moeda é o meio de troca da Economia, é o activo mais líquido.

Fonte:

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here