Estudo descobre que radiação WiFi danifica barreira protectora do cérebro

0
138
Estudo de Proteína hsp27
Estudo de Proteína hsp27

O Prof. Dariusz Leszczynski, Professor na Universidade de Helsínquia, no seu estudo de 2002 (1) notou a disrupção da “barreira hematoencenfálica” (vazamento vascular) por incidência de radiação electromagnética. Esta barreira permite a entrada selectiva de glucose, água e aminoácidos, bloqueando a entrada de agentes tóxicos. Portanto, a sua disrupção, através dos chamados vazamentos vasculares, implica uma perturbação no funcionamento do cérebro humano e tem implicações no surgimento de doenças como a Alzheimer e cancros cerebrais.

Na imagem acima, a detecção de Hsp27 por coloração indirecta por imunofluorescência. As células foram cultivadas em lâminas de vidro microscópicas colocadas no fundo de placas de Petri de vidro. (A) Células de controlo (células cultivadas em incubadora de cultura de células). (B) Células falsas expostas coloradas imediatamente após 1 hora de exposição. (C) Células expostas por 1 hora ao RF-EMF e coloradas imediatamente após a exposição. (D) Células expostas a um choque térmico (temperatura de +43 ºC por 3 horas numa incubadora de cultura de células) e coloradas imediatamente após o período de exposição de choque térmico de 3 horas. A expressão de (E) Hsp27 foi detectada no citoplasma ou no núcleo.

A exposição ao telemóvel causou um aumento na fosforilação da proteína hsp27, o que, pode (1) facilitar o desenvolvimento de cancro no cérebro inibindo a via apoptótica do citocromo c / caspase-3 e (2) causar um aumento na permeabilidade da barreira hematoencefálica através da estabilização das fibras de stress das células endoteliais.

O estudo postulou que esses eventos, quando ocorrem repetidamente ao longo de um período de tempo, podem tornar-se um risco à Saúde devido ao possível acumular de dano no tecido cerebral. Além disso, essa hipótese sugere que outros factores danosos ao cérebro podem co-participar dos efeitos induzidos pela radiação do telefone celular.

Fonte:

(1) Leszczynski, D., Sakari, J., Jukka, R., Reetta, K.(2002). Non-thermal activation of the hsp27/p38MAPK stress pathway by mobile phone radiation in human endothelial cells: molecular mechanism for cancer-and bloodbrain barrier-related effects. Differentiation, 70 (2–3), 120–129. https://doi.org/10.1046/j.1432-0436.2002.700207.x

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here