ARTIGO DE OPINIÃO: Construção de infraestruturas são prenuncio de um cataclismo global a ocorrer em breve

0
691
Asteróide a aproximar-se da Terra
Asteróide a aproximar-se da Terra

A construção da “Nova Arca de Noé” na Noruega, onde se espera poder guardar-se o maior número possível de espécies vegetais em semente, tendo em vista uma eventual futura reflorestação do globo, como foi escrito no artigoA Nova Arca de Noé“, e a oferta de um serviço onde se garante a sobrevivência durante o período de um ano num abrigo subterrâneo, gozando a possibilidade de um relativo conforto, conforme vimos no artigoEmpresa constroi abrigos subterrâneos tendo em vista a sobrevivência a catástrofe global em 2012” são dois exemplos de como, talvez a um nível sub-reptício da consciência humana, se prevê uma ocorrência apocalíptica a curto prazo no planeta terra.

No segundo caso, dos abrigos subterrâneos patrocinados pela empresa Vivos, atendendo às leis do mercado da procura e da oferta, só se justifica a oferta verificada, tendo em conta os montantes investidos, no caso de existir uma procura correspondente, e uma procura com suficiente poder de compra e suficiente crença numa eventualidade catastrófica para “abrir os cordões à bolsa” num investimento do género.

Já no primeiro caso, uma construção mais institucional, como é a “Nova Arca de Noé“, dá abertura de uma certa desconfiança de ser o caso de certas esferas da nossa Sociedade terem acesso a algum conhecimento científico, seja ele geológico, atmosférico, astronómico ou outro, que lhes confira a sapiência de algum desastre global iminente, ou pelo menos a probabilidade de um ocorrer – ia escrever possibilidade, mas a possibilidade de algo acontecer é já um dado adquirido dada a natureza insegura da própria vida e existência -, conhecimento esse mantido longe do público em geral.

Estes projectos, na minha opinião, tendo o mesmo pano de fundo, revelam o prenuncio de um desastre global que nos afecte como civilização.

Talvez o inconsciente colectivo da humanidade deseje um castigo para a expiação dos seus pecados, mercê de um sentimento de culpa sempre em crescendo, que está enraizado na psique humana, e que tem sido sobejamente evidenciado graças aos notórios abusos perpetrados pela Sociedade na sua senda de satisfação.

Talvez o conjunto de algumas Profecias relativas a 2012 tenha sido o catalisador para uma espécie de pânico latente generalizado.

Ou, se quisermos ser um pouco mais conspiracionistas, talvez um fenómeno natural, cíclico ou não, esteja nas previsões para ocorrer brevemente, sendo que esse conhecimento está a ser deliberadamente ocultado, com o objectivo de manter a Sociedade em andamento, impedindo assim um estado caótico de motim global que poderia pôr em risco os planos de uma tentativa de salvaguarda da humanidade com vista a uma posterior implementação da civilização. Cenário parecido ao apresentado no filme “2012” de James Cameron.

Seja como for, o Paradigmas irá apresentar as várias teorias existentes em relação a 2012, assim como outras previsões escatológicas, ao escrutínio do leitor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here