Semelhanças entre Moisés e Sargão

0
5020
Moisés a ser retirado da pequena cesta
Moisés a ser retirado da pequena cesta

Actualmente não se ouve falar muito nisso, mas costumava causar bastante agitação comparar a história do nascimento de Moisés com a de um certo Sargão da Assíria, e sugerir que teria havido plágio.

Moisés

Vamos recriar a história de Moisés, tendo como fonte Êxodo 2:1-10:

1.) E foi um homem da casa de Levi e casou com uma filha de Levi.
2.) E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que ele era formoso, escondeu-o três meses.
3.) Não podendo, porém, mais esconde-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio.
4.) E sua irmã postou-se de longe, para saber o que lhe havia de acontecer.
5.) E a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio, e as suas donzelas passeavam, pela margem do rio; e ela viu a arca no meio dos juncos, e enviou a sua criada, que a tomou.
6.) E abrindo-a, viu ao menino e eis que o menino chorava; e moveu-se de compaixão dele, e disse: Dos meninos dos hebreus é este.
7.) Então disse sua irmã à filha de Faraó: Irei chamar uma ama das hebreias, que crie este menino para ti?
8.) E a filha de Faraó disse-lhe: Vai. Foi, pois, a moça, e chamou a mãe do menino.
9.) Então lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino, e cria-mo; eu te darei teu salário. E a mulher tomou o menino, e criou-o.
10.) E, quando o menino já era grande, ela o trouxe à filha de Faraó, a qual o adoptou; e chamou-lhe Moisés, e disse: Porque das águas o tenho tirado.

Moisés e os Dez Mandamentos
Moisés e os Dez Mandamentos

Permita-nos apenas realçar um aparte sobre o último verso, onde Moisés é baptizado. Alguns argumentam tratar-se de uma etimologia do folclore, o que é incorrecto porque em egípcio, Moisés (Moses) significa “criança” (Então Thutmose é criança de Tut, por exemplo). Mas há a possibilidade de Moisés não ser o seu nome completo. Tal como Thutmose ou Ahmose, ele era a “criança de…” qualquer coisa, talvez um objecto ou deídade egípcia, e essa parte do seu nome seria a que ele teria descartado quando tentou a sua sorte com o seu próprio povo e declarou a independência em relação ao seu passado.

Um comentador sugeriu que “Moisés” é na verdade o que resta de uma combinação de palavras egípcias para “filho de” e “água” (swh – que era geralmente também aplicado ao Nilo). Assim, “Moisés” seria uma criança da água, aquele que “nasceu de” ou, metaforicamente, retirado da água (uso metafórico sendo feito justamente para realçar o trocadilho entre “Moisés” e “retirar” em hebraico, e servindo como um castigo para Moisés, agora rejeitado na herança egípcia – mais ou menos da mesma forma que Malcom X adoptou o seu próprio nome).

Sargão

Aqui está a parte relevante da sua história. É em forma poética, mas será apresentada num resumo compactado por conveniência. A nossa principal fonte é a obra “A Lenda de Sargão” de Brian Lewis.

Estátua de Sargão
Estátua de Sargão

Sargão, rei forte, rei de Akkad, eu sou. A minha mãe era uma sacerdotisa, o meu pai, não sei. A minha família paterna habita a região da montanha. A minha cidade [de nascimento] é Azupiranu, que fica na margem do rio Eufrates. A minha mãe, uma sacerdotisa, concebeu-me, em segredo. Ela colocou-me numa cesta de junco, com betume ela calafetou a minha escotilha. Ela abandonou-me no rio do qual eu não podia escapar. O rio levou-me até Aqqi. Aqqi, o carregador de água ergeu-me quando mergulhou o seu balde. Aqqi, o carregador de água, criou-me como sendo seu filho adoptivo. Aqqi, o carregador de água, colocou-me a trabalhar no seu jardim. Durante o meu trabalho no jardim, Ishtar amou-me de modo que durante 55 anos governei como um rei.

A história passa a relatar algumas das acções de Sargão. Nenhuma destas são requeridas para encontrar paralelos com a história de Moisés.

Semelhanças

Algumas das semelhanças citadas entre os dois são:

  • O factor de sigilo em torno do nascimento;
  • A colocação numa cesta de junco, coberta com betume;
  • A definição de um rio;
  • A recuperação e adopção.

Será a história de Moisés um plágio?

Apesar das evidências e dos dados históricos apontarem para um Sargão anterior a Moisés, existe muito debate em relação à comprovação destes dados. Há quem alegue que a história de Sargão foi forjada por um rei muito posterior – Sargão II, que a fabricou com o objectivo de legitimar o seu reinado, apesar de ser algo rebuscada a argumentação em favor desta tese.

Não obstante, não seria a primeira questão na qual a bíblia é acusada de plagiar. Há muitos outros aspectos presentes no antigo testamento que são uma reprodução quase perfeita de aspectos existentes na antiga religião egípcia, como por exemplo, os dez mandamentos. E há também muitas outras histórias que denotam semelhanças impressionantes com histórias presentes na mitologia de povos muito antigos. Histórias tais como a de Noé.

Assim permanece a questão, que deixada em aberto nos abre as portas para possibilidades não muito consideradas, pelo menos para muita gente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here