Pássaros mortos na China – Aves continuam a aparecer mortas em todo o mundo. Pode ser um sinal de alteração no campo magnético da Terra

0
1494
Fenómeno dos pássaros mortos na China
Fenómeno dos pássaros mortos na China

Não há muitas fontes noticiosas acerca do aparecimento de aves mortas na China, mas um site noticioso chinês avançou com uma notícia, cujo texto seguinte é um extracto:

Em 2 de Janeiro de 2011 mais de 1000 pássaros caíram do céu em vilas em cidade do Arkansas, e estavam mortos! A American Wildlife Service não percebe porque é que os pássaros caíram do céu.

Ontem de manhã, um cidadão chinês encaminhava-se para o trabalho quando subitamente uma águia o atingiu e morreu. Aves a cair do céu, um evento com tão pouca probabilidade de acontecer, mas que tem acontecido recentemente em Geleshan, de forma esporádica, e assim tem continuado durante meses. Os moradores estão a começar a sentir inquietação e medo.

Na Universidade Florestal em Harbin, milhares de pardais foram encontrados na floresta à beira da morte. Diz-se que congelaram até morrer.

Sabemos que as aves navegam através do campo magnético da Terra – Se houverem alterações no campo magnético, os pássaros podem cair. É sobejamente sabido que as aves migratórias dependem da sua “bússola biológica” para determinar a direcção das suas jornadas, mas não está claro como é que as aves percepcionam o campo magnético.

“Ninguém sabe como é que [o sistema de indução magnética] funciona,” afirma Patterson Murray. “O princípio de indução magnética é algo cuja natureza ainda não compreendemos, pelo menos até agora.”

Há duas teorias principais acerca de como as aves migratórias percepcionam o campo magnético. Uma das teorias é a de que há células no bico das aves que podem sentir o campo magnético e passar a mensagem através do sistema nervoso até ao cérebro; Outro ponto de vista aponta para as células foto-receptoras dos olhos das aves, que poderão “ver” o campo magnético, e a informação é transmitida para o cérebro através de outro método referido como área de processamento “feixe de luz N”.

Proteínas específicas nos olhos das aves migratórias podem ser a causa da detecção de campos de luz. A estimulação desta proteína pela luz pode produzir um par de radicais livres, que podem ser transportados por electrões cuja rotação permitirá percepcionar as propriedades especiais do campo magnético da Terra.

Lista cronológica actualizada de notícias sobre animais mortos por todo o mundo: https://paradigmatrix.com/?p=277

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here