DOCUMENTÁRIO: The Light Bulb Conspiracy (Comprar,llençar,comprar) (2010)

0
2221
Capa do DVD do documentário: The Light Bulb Conspiracy (Comprar,llençar,comprar) (2010)
Capa do DVD do documentário: The Light Bulb Conspiracy (Comprar,llençar,comprar) (2010)

Apresentação

Documentário produzido pela TVE espanhola que trata da obsolescência programada, uma estratégia que visa fazer com que a vida de um produto tenha a sua durabilidade limitada para que o consumidor se veja obrigado a comprar novamente, num prazo mais reduzido, perpetuando assim indefinidamente o ciclo de consumo, e aumentando a sua frequência.

O filme começa com um funcionário da emissora descobrindo que a sua impressora EPSON havia deixado de funcionar sem motivo aparente e que o custo de consertá-la sairia mais caro do que a compra de uma nova.

A Obsolescência Programada começou inicialmente com as lâmpadas, que antes duravam décadas trabalhando ininterruptamente (como a lâmpada que está acesa há mais de cem anos num posto dos bombeiros dos EUA) mas, depois de uma reunião com o cartel dos fabricantes, passaram a fazê-las para durar apenas 1.000 horas.

Essa prática tem gerado montanhas de resíduos, transformando algumas cidades de países de terceiro mundo em verdadeiros depósitos, sem falar na matéria prima, energia e tempo humano desperdiçados.

Sinopse

Baterias que “morrem” com apenas 18 meses de uso, impressoras que bloqueiam ao alcançar um determinado número de impressões, lâmpadas que se fundem ao atingir mil horas… Porque é que será que, apesar dos avanços tecnológicos, os produtos de consumo tendem a durar cada vez menos?

Filmado na Catalunha, França, Alemanha, EUA e Gana, o documentário “Comprar, descartar, comprar” faz uma viagem através da história de uma prática empresarial que consiste na redução deliberada da vida útil de um produto para incrementar o seu consumo pois, como foi publicado em 1928 numa revista de publicidade dos EUA, “um produto que não se gasta é uma tragédia para os negócios”.

O documentário, dirigido por Cosima Dannoritzer e co-produzido pela TVE espanhola, é o resultado de três anos de pesquisa. Fazendo uso de imagens de arquivo pouco conhecidas, fornece provas documentadas e mostra as desastrosas consequências ambientais provocadas por esta prática. Apresenta ainda vários exemplos do espírito de resistência que está a crescer entre os consumidores e a análise e opinião de economistas, designers e intelectuais que propõem alternativas para salvar a Economia e o Ambiente.

Uma lâmpada na origem da obsolescência programada

Thomas Edison fez a sua 1ª lâmpada em 1881. Durava 1500 horas. Em 1911, um anúncio na imprensa espanhola destacou os benefícios de uma marca de lâmpadas com um certificado de duração de 2500 horas.

Contudo, tal como é revelado no documentário, em 1924 um cartel que reuniu os principais fabricantes na Europa e nos EUA negociou de forma a limitar a vida útil de uma lâmpada eléctrica para 1000 horas.

O cartel foi chamado de “Phoebus” e oficialmente nunca existiu, mas em “Comprar, descartar, comprar” é mostrado este ponto de partida da obsolescência programada, que hoje é aplicada em produtos electrónicos de última geração, como impressoras e iPods, e também na indústria têxtil.

Consumidores rebeldes na era da Internet

Através da História da Obsolescência Programada, o documentário descreve o percurso da economia nos últimos cem anos e mostra um facto interessante: a mudança de atitude dos consumidores, através do uso das redes sociais e da Internet. Os casos dos irmãos Neistat, do programador de computador Vitaly Kiselev e do catalão Marcos López demonstram isto.

África, o aterro electrónico dos países desenvolvidos

Este usar e descartar constante tem graves consequências ambientais. Como vemos nesta pesquisa, países como o Gana estão a tornar-se a lixeira electrónica dos países desenvolvidos. Periodicamente, centenas de contentores chegam cheios de resíduos com o rótulo de “materias em segunda mão” para, eventualmente, serem despejados em rios ou campos onde crianças brincam…

Além da denúncia, o documentário dá visibilidade aos empresários que implementam novos modelos de negócio e ouve as alternativas propostas, como por exemplo a de Serge Latouche, que fala sobre a importância de se empreender a revolução do “decrescimento”, ou seja, a redução do consumo e da produção de forma a economizar tempo e desenvolver outras formas de riqueza, como a amizade ou o conhecimento, que não se esgotam ao serem usados.

Ficha Técnica:

  • Título Original: The Light Bulb Conspiracy
  • País: Espanha
  • Gênero: Documentário
  • Duração: 75 min.
  • Áudio: Espanhol/Inglês/Francês/Alemão (Legendado PT/BR)
  • Estúdio/Distrib.: TVE, TV3, Arte France, Article z, Media 3.14
  • Data de Lançamento: 2010
  • Director: Cosima Dannoritzer
  • Site Oficial: http://www.facebook.com/TheLightBulbConspiracy?ref=sgm (Facebook)

Trailer (Não Legendado):

Vídeo (não legendado):

NOTA: Paradigmas adoptou uma nova política de vídeos, conforme explicado no artigo “Canal Paradigmas no Youtube reconstroi-se pela base“. Conseguimos, não obstante, encontrar o documentário, na íntegra, conforme aqui apresentado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here