Nova Ordem Mundial: “The Open Conspiracy” de H.G. Wells

0
4143
Nova Ordem Wellsiana
Nova Ordem Wellsiana

No seu livro de 1928The Open Conspiracy“, o escritor e futurista britânico, H. G. Wells promoveu o cosmopolitismo e ofereceu os planos para uma revolução e cérebro globais, tendo em vista estabelecer um Estado Mundial tecnocrático e de economia planificada. Wells advertiu, no entanto, no seu livro de 1940A Nova Ordem Mundial” que:

«… quando a luta parecer estar definitivamente a descair para uma democracia social mundial, ainda podem haver grandes atrasos e desilusões, antes de se tornar num sistema mundial eficiente e benéfico. Inúmeras pessoas (…) hão-de odiar a Nova Ordem Mundial, e acabarão rendidas à infelicidade pela frustração das suas paixões e ambições através do advento da NOM e morrerão em protesto contra ela. Quando tentamos avaliar a sua promessa, temos que ter em mente a angústia de uma geração ou mais de descontentes, muitas delas pessoas muito nobres e graciosas de aparência.»

Os livros de Wells foram influentes em dar um segundo significado ao termo “Nova Ordem Mundial“, que só seria usado tanto por apoiantes de socialistas de estado como por opositores anti-comunistas nas gerações vindouras. No entanto, apesar da popularidade e notoriedade das suas ideias, Wells não conseguiu exercer uma influência mais profunda e duradoura, porque era incapaz de concentrar as suas energias num apelo direto aos intelectuais que seriam, em última análise, os coordenadores de uma Nova Ordem Mundial wellsiana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here