BIOGRAFIA: Albert Pike

0
3683
Albert Pike foi um advogado, militar, maçom e escritor dos Estados Unidos
Albert Pike foi um advogado, militar, maçom e escritor dos Estados Unidos

Albert Pike, nasceu em Boston, Massachusetts (EUA), no dia 29 de Dezembro de 1809, foi o mais velho dos seis filhos de Benjamin e Sarah Andrews Pike. Albert foi criado num lar cristão, frequentando habitualmente uma igreja Episcopal.

Quando tinha 15 anos, Albert passou no exame de admissão na faculdade de Harvard, porém não pôde frequentá-la porque não tinha recursos financeiros. Por isso, mais tarde foi para Santa Fé, estabelecendo-se no Arkansas, onde trabalhou como editor de um jornal antes de ir trabalhar num bar. No Arkansas, encontrou Mary Ann Hamilton, com quem se casou em 28 de Novembro de 1834. Dessa união nasceram-lhes 11 filhos.

Quanto Albert tinha 41 anos, candidatou-se a admissão no Western Star Lodge. Tornando-se membro activo na Grande Loja do Arkansas, atingiu os 10 graus do Rito de York de 1850 a 1853.

Em Março de 1853, em Charleston, Albert recebeu os 29 graus do Rito Escocês Antigo e Aceite, de Albert Gallatin Mackey ( O Rito Escocês tinha sido introduzido nos Estados Unidos em 1783. Charleston foi o local do primeiro Supremo Conselho, que governou o Rito Escocês nos Estados Unidos, até que um Supremo Conselho do Norte foi criado em Nova York, em 1813).. A fronteira entre as Jurisdições Sul e Norte, ainda hoje é reconhecida, tendo sido firmemente estabelecida em 1828. Mackey convidou então Pike a participar do Conselho Supremo para a Jurisdição do Sul em 1858 em Charleston, e ele tornou-se o Grande Comendador do Supremo Conselho no ano seguinte. Albert Pike ocupou esse cargo até à sua morte, apoiando-se em várias ocupações, como editor do Memphis Daily Appeal, de Fevereiro 1867 a Setembro de 1868, graças aos seus conhecimentos das leis. Depois, Albert Pike abriu um escritório de advocacia em Washington, tendo defendido vários casos perante a Suprema Corte dos EUA.

No entanto, Pike empobreceu por consequência da Guerra Civil, e passou grande parte da sua vida a pedinchar dinheiro para despesas básicas ao Conselho Supremo, que acabou por aprovar em votação (em 1879) uma ajuda financeira de 1.200 dólares, por ano, como uma espécie de reforma para o resto da sua vida. Ele faleceu em 2 de Abril de 1892, em Washington.

Percebendo que era necessária uma revisão do ritual, para que o Rito Escocês sobrevivesse, Albert Pike e Mackey foram encorajados a rever o ritual para produzir um padrão que pudesse ser usado em todos os estados da Jurisdição Sulista. A revisão começou em 1855, e depois de algumas alterações, o Conselho Supremo endossou a revisão de Pike em 1861. Foram feitas pequenas alterações, em dois graus, em 1873 depois dos corpos dirigentes do Rito de York no Missouri objectarem que os graus 29° e 30° revelavam segredos do Rito de York.

Pike é mais conhecido pela sua grande obra «Morals and Dogma of the Ancient and Accepted Scottish Rite of Freemasonry» («Moral e Dogma do Rito Escocês Antigo e Aceite da Maçonaria»), publicado em 1871. Morals and Dogma não deve ser confundido com a revisão que Albert Pike efectuou no ritual do Rito Escocês. São obras distintas. Walter Lee Brown escreveu: “Pike pretendia que [Morals and Dogma] fosse um complemento desse grande sistema de instrução moral, religiosa e filosófica, que ele tinha desenvolvido na sua revisão do ritual escocês.”

Moral e Dogma era tradicionalmente dado ao candidato, quando atingia o grau 14° do Rito Escocês. Esta prática foi interrompida em 1974. «Uma Ponte para a Luz» de Rex R. Hutchens, é actualmente fornecido aos candidatos nos EUA. Hutchens lamenta que Morals and Dogma seja lido apenas por alguns maçons. «Uma Ponte para a Luz» foi escrito para ser “uma ponte entre as cerimónias dos Graus e a leitura do Morals and Dogma“.

Albert Pike foi um brilhante professor, poeta, escritor, advogado, editor e expoente da Maçonaria. Foi também General Brigadeiro da Confederação.

Por se distinguir em literatura recebeu o grau de Mestre Honorário em Artes na Universidade de Harvard, da qual tinha sido excluído ma Licenciatura por falta de possibilidade de pagar os seus estudos.

Em 1831 partiu para o oeste, para Santa Fé, com um grupo comercial. No ano seguinte, com um grupo de caça, desceu o rio Pecos até à planície de Staked, onde, com outros quatro, viajou principalmente a pé até chegar a Fort Smith, no Arkansas. As suas aventuras e feitos estão contados num livro de prosa e verso publicado em 1834.

Enquanto ensinava, ao sul de Van Buren e no rio Little Piney, contribuiu com artigos para o jornal Little Rock Advocate e chamou à atenção de Robert Crittenden, com a ajuda de quem chegou a ser editor daquele jornal – que dois anos mais tarde passou a ser sua propriedade.

Albert Pike
Albert Pike

Foi admitido no tribunal em 1835 e estudou e praticou advocacia até à Guerra do México, quando recrutou uma companhia de cavalaria e esteve presente na batalha de Buena Vista sob o comando do famoso Coronel Charles May. Em 1846 fez um duelo com o General John Selden Roane, mais tarde governador do Arkansas.

Em 1849 foi admitido no tribunal da Suprema Corte dos Estados Unidos, ao mesmo tempo que Abraham Lincoln e Hannibal Hamlin. Em 1853 mudou-se para New Orleans, já preparado para praticar na corte de Louisiana por ter estudado os “Pandects”, dos quais traduziu o primeiro volume para o inglês. A jurisprudência da corte de Louisiana estava baseada no Direito Romano e não no Direito Inglês. Também fez traduções de muitas autoridades francesas. Escreveu ainda mais um livro inédito, de três volumes, sobre “As Máximas da Legislação Romana e Francesa”.

Posteriormente, em 1857 passou a actuar por muitos anos como advogado dos índios Choctaw e, em 1859, auxiliado por outros três advogados, obteve para os Choctaw uma indemnização de 2,981,247 de dólares. Whig [1] declarado e anti-separatista [2], em 1861 foi advogado proeminente e grande proprietário de terras em Little Rock, Arkansas; mas preferiu apostar no Sul a abandonar os seus amigos e a sua propriedade. Foi indicado Comissário para as tribos do Território Indígena. Como tal, conseguiu a aliança dos índios Creek, Seminole, Choctaw, Chickasaw e parte dos Cherokee com a Confederação.

Em 15 de Agosto de 1861 recebeu o posto de General Brigadeiro no exército dos Estados Confederados e comandou uma brigada de índios na batalha de Pea Ridge. A sua carreira na Guerra Civil foi infeliz, para ser simpático, e finalmente resultou na sua prisão pelo General Hindman com a observação do General Douglas Cooper de que Pike seria “ou insano ou falso para com o Sul”;

Pike lutou com as suas tropas indígenas em Elkhorn Tavern, e a conduta dúbia dos índios reflectiu sobre ele, talvez injustamente. Posteriormente, alegou que eles tinham sido recrutados apenas para defenderem os seus territórios. Em sua defesa, devemos observar que Pike teve pouca oportunidade de disciplinar ou de treinar as suas tropas índias. Quando as mortes dos Generais McCulloch e McIntosh fizeram de Pike o mais antigo oficial sobrevivente Confederado, ele não foi capaz de reagrupar nem de reorganizar as suas tropas. Depois de muita acrimónia, Pike renunciou do seu posto Confederado em 12 de Julho de 1862, renúncia aceite em 5 de Novembro de 1860.

Como já foi visto, Albert Pike viveu em semi-reforma durante o final da guerra e, depois desta ter terminado, foi visto com suspeita por ambos os lados do conflito. Foi indiciado por traição pelas autoridades dos Estados Unidos, mas teve os seus direitos civis restaurados em seguida. Depois da guerra, foi morar em Memphis (Tennessee), e em 1867 editou o jornal Memphis Appeal. No ano seguinte mudou-se para Washington, D.C. e praticou advocacia nas cortes até 1880.

Durante o restante da sua vida devotou a sua atenção a escrever tratados legais e a interpretar a moral e os dogmas da Ordem Maçónica. Foi o sétimo Soberano Grande Comendador do Supremo Conselho aos 50 anos e serviu de 1859 até à sua morte, em 1891. Durante esses 32 anos, escreveu e compilou muitos livros e familiarizou-se com muitos idiomas, entre eles o latim, grego e sânscrito.

É reconhecido como um grande conhecedor da Maçonaria, filósofo e historiador. Utilizou os seus amplos talentos para pesquisar e reescrever os Rituais do Rito Escocês Antigo e Aceite. A sua reputação como jurista, orador, filósofo, soldado, sábio e poeta, espalhou-se pelo mundo. Morreu na casa do Templo do Rito Escocês em Washington, D.C. em 2 de Abril de 1891 e está enterrado no Cemitério Oak Hill, na mesma cidade.

Em 1898 o Congresso dos Estados Unidos aprovou a construção de um monumento em sua honra, que foi terminado e inaugurado em Outubro de 1901 na Praça do Judiciário, em Washington, D.C. O monumento descreve-o como um “pioneiro, um cruzado da justiça para os índios americanos, brincalhão, reformador, jornalista, filósofo, advogado proeminente (…) general da Guerra Civil, violinista, cantor, compositor; realmente, um homem da Renascença”.

NOTAS:

[1] Membro do partido fundado em 1834, em oposição ao Partido Democrata, e favorável à revolução contra a Inglaterra.
[2] Contra a separação dos estados sulistas (Confederados) do restante do país (Yankees).

Número de artigos (Albert Pike): 3

LISTAGEM:


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here