Salvos do Incêndio por um Sonho

0
660
Casa em chamas
Casa em chamas

Às 22 horas de uma noite, no início de 1978, Henry Sims, fazendeiro aposentado de 72 anos, voltou de um hospital da Florida, onde a filha de 18 anos estava internada. A sua mulher Idellar ficara no hospital e a outra filha, cinco netos e um amigo da família estavam a dormir em casa, quando ele chegou. Foi directo para a cama e adormeceu rapidamente.

“Outra coisa que consigo me lembrar é do sonho. Podia ver os dois filhos de meu cunhado, Paul e a irmã de 8 meses a vir na minha direcção. Ambos tinham morrido queimados em 1932, quando a casa deles, em Live Oak, Florida, pegou fogo. No sonho Paul, de quem me lembro claramente, estava a caminhar na minha direcção e a dizer: “tio Henry, tio Henry“. Eu nunca tivera um sonho como esse antes e acordei de repente com o cheiro de fumo nas narinas. O primeiro pensamento foi para os meus netos, precisava tirar aquelas crianças da casa. Então, comecei a gritar”, revelou ele, posteriormente.

Os seus gritos acordaram as outras pessoas, que conseguiram sair da casa em chamas, a tempo de se salvarem.

Frederick Lowe, tenente do corpo de bombeiros de Hialeah Heights, Flórida, afirmou:

“Milagrosamente, esse homem conseguiu acordar no momento certo. Mais dois minutos, e todos estariam mortos”.

Deus não estava pronto para a minha morte. Foi ele quem enviou Paul para avisar-me do perigo, para que todos nós pudéssemos sair da casa em chamas”, concluiu Henry.

Fonte: Livro «O Livro dos Fenómenos Estranhos» de Charles Berlitz

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here