Plataforma Transgénicos Fora divulga mapa de milho transgénico em Portugal

0
459
Onde se cultiva Milho Transgénico em Portugal?
Onde se cultiva Milho Transgénico em Portugal?

Em comunicado, a plataforma Transgénicos Fora informa que, no dia 7 de Maio de 2015, passou a disponibilizar a informação online.

A plataforma Transgénicos Fora lamenta que o ministério da agricultura só divulgue “dados muito incompletos” e que tenha vindo a vedar “o acesso do público às localizações exactas dos terrenos”, tendo sido precisas 5 acções em tribunal para obter os dados completos de 2005 até 2014”.

No mapa agora divulgado “é possível consultar, para os anos de 2013 e 2014, os nomes, moradas e áreas das explorações agrícolas que adoptaram o milho transgénico, entre outras informações”.

Segundo as ONGs, “estes dados são fundamentais para a detecção precoce de eventuais problemas e é precisamente por isso que a legislação europeia prevê a sua divulgação”.

A possibilidade de alergias ao pólen transgénico para quem viva em zonas circundantes, os impactos negativos em espécies não alvo do ecossistema agrícola, a eventualidade de existir polinização cruzada são algumas das problemáticas referidas pela plataforma Transgénicos Fora.

“Embora o ministério da agricultura, e a respectiva direcção-geral de Alimentação e veterinária, tenham dado provas abundantes de que não confiam no público, já demonstraram confiar plenamente na indústria”, lamentam as ONGs, sublinhando que “Portugal continua a votar sistematicamente a favor dos pedidos de introdução de novos transgénicos e, junto com a Espanha e a República Checa, é dos únicos países onde ainda se cultivam transgénicos na União Europeia”.

Portugal pode, desde que em 2 de Março deste ano foi aprovada a nova directiva europeia 2015/412, proibir unilateralmente o cultivo de transgénicos no continente”, lembram, avançando que acreditam que, “com a publicação hoje do mapa de cultivos, o público português vai ganhar consciência dos “vizinhos” que não sabia que tinha à porta e pressionar o governo no sentido da proibição total do cultivo deste milho transgénico e da aposta numa produção alimentar mais sustentável, de melhor qualidade, que corresponda à vontade dos consumidores e com maior valor acrescentado para os agricultores e para o país”.

Mapa de Cultivos da Plataforma “Transgénicos Fora”: Aqui.

Fonte: Esquerda.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here